quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

ATO PROFÉTICO ou FEITIÇARIA GOSPEL???




Mais uma moda “gospel”. Chama-se “ato profético”. Consiste, basicamente, em se fazer um ato simbólico do qual Deus se obriga a torná-lo realidade, já que quem promove tais atos o faz declarando fazê-lo em nome de Jesus.

Povos aborígines já faziam a mesma coisa desde a idade da pedra: tentavam controlar a ação dos deuses por meio de simbologias e representações acompanhadas de muitas orações e sacrifícios.

Mas isso é coisa do passado. Hoje somos muito mais evoluídos, esclarecidos e sábios. O que se fazia na idade da pedra eram rituais de feitiçaria, fruto de mentes ignorantes e supersticiosas. Hoje tudo mudou! O que se faz nas igrejas dos tempos atuais são tentativas (ops! Tentativa não, porque foi declarado, já está decretado e consumado pela fé... suriandas) de mover as mãos de Deus por meio de atos proféticos e representações acompanhadas de muita oração e jejum. Viu como ficou mais chique?

Além da chiqueza, que outra diferença há?

Alguém replicará dizendo que os profetas do Antigo Testamento também realizavam atos simbólicos. E eu pergunto: quem eles simbolizavam? Nada mais do que Cristo. Mesmo vivendo numa aliança enferma eles não manifestavam a patologia patética da igreja hodierna, que mesmo vivendo no tempo de uma nova e eterna aliança vive a generalizada enfermidade do relacionamento baseado em atos proféticos em lugar daquele a quem os atos dos profetas de verdade prefiguravam.

Enquanto os profetas anunciavam Jesus para que o mundo o reconhecesse quando Ele viesse, os “atos proféticos” das igrejas nebulam a imagem de quem Cristo realmente foi, para que ninguém o conheça como Ele é, mas somente como esses falsos profetas desejam que Ele seja. Os verdadeiros atos dos verdadeiros profetas bíblicos apontaram para o sofrimento e dor que Cristo passaria por amor aos seus escolhidos. Os atos, ou feitiçaria, dos falsos profetas de hoje apontam para as regalia$, mordomia$ e conquista$ materiai$ que a ambição incita por amor a deus (Mamom).

Os profetas bíblicos falavam o que Deus mandava dizer. Os profetas de hoje dizem pra Deus o que fazer. Fazem de Deus seu escravo. Mas como Deus não é escravo, nem escravo pode ser Deus, tais profetas nem Deus tem, não é em Deus que eles crêem.

Enquanto isso as igrejas vão canonizando feiticeiros por profetas e superstições por cristianismo.

Onde isso vai parar?

21 comentários:

  1. Olá!
    Excelente reflexão. Também luto muito contra isso tudo. Nos últimos tempos, porém, uma nova modalidade de ataque de "ventos de doutrina" tem acometido algumas igrejas. É a bronca com os chamados "neo-puritanos". Convidu-o e a todos os seus leitores para analisarem o post "O Princípio Regulador do Culto e sua utilização errada". In:
    www.filosofiacalvinista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. infelizmente estão tentando levar o cristianismo novamente aos rudimentos do judaísmo..sai pra lá judaizantes!!Cristo rasgou o véu!

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz Fábio.
    Neo-puritanos? Essa pra mim é nova. Mas como estamos nos últimos dias, tudo é possível, e ainda não vimos quase nada. Que o Senhor nos ajude!
    Fique na Paz!
    Pr. Silas

    ResponderExcluir
  4. Graça e paz Wallas.
    O véu foi rasgado, mas me parece que há uma campanha para recosturá-lo (rs).
    Fique na Paz!
    Pr. Silas

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto.

    Deus não está limitado ao que falamos e expressamos, infelizmente muitos tem invertido as coisas. O verdadeiro ato profético é vc fazer a vontade de Deus, como abster-se do pecado e pregar o evangelho.

    ResponderExcluir
  6. vi em outro site, um pastor reprovando estes tais atos,mais ainda nai vi , questonadores , reprovar os atos de algumas lideranças da igreja, na politica,exemplo manoel ferreira,jose wellingotom ,silas malafaia que estava babando pelo serra, ai niguem vai falar deles!


    larga os tais que usam o chargao de ato profetico!

    ResponderExcluir
  7. As igrejas precisam urgentemente voltar ao "primeiro amor". Muitas estão preocupadas com tantas coisas do que outras estão ou não fazendo, que estão se esquecendo de vivenciarem o amor dentro delas. Tem muita gente passando necessidades dentro de igrejas!Falam mal de "atos proféticos" e insinua falcatrua no texto com "$". Mas existem muitos líderes de igrejas "certinhas" que também não trabalham e vivem por conta dos fiéis. Quando algum desses líderes receberem algum carro, ou casa, como oferta da igreja, ou qualquer outra coisa, por favor, não aceitem, pois com certeza alguém profetizou - ah desculpe- abençoou de forma profética pela fé. Parem de jogar pedras no telhado de vidro alheio. Tem muita alma lá fora precisando de ajuda, e vcs discutindo algo que os responsáveis responderão, estejam certos ou errados diante de Deus.
    Shalom a todos!

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente vivemos dias assim. O verdadeiro ato profético implica em denúncia e anúncio, isto é, a Bíblia ensina que os profetas são homens comprometidos com Deus, portanto com a verdade, com o amor.
    Ao Pr Marcos P. Ramalho, gostaria de lembrar que os profetas denunciavam a corrupção do seu próprio povo, como Jeremias por exemplo, e a grande maioria do povo preferia continuar na prostituição. Os indivíduos por trás deste blog, cumprem parte do verdadeiro ato profético, denunciando as mazelas que atingem a Igreja. Quero lembrá-lo de que o senhor os acusa de jogar pedras no telhado de vidro alheio, enquanto as "almas lá fora" precisam de ajuda; e o prezado Pr. deixou as 'almas lá fora' para ler e jogar pedra em telhado alheio. Então sugiro que deixe a hipocrisia de lado e alerte os membros de sua igreja contra as heresias, assim como fizeram os apóstolos, e talvez quando mais conscientes eles possam viver de acordo com a Palavra alcançando as 'almas lá fora'.
    Baruch ha shem kadosh Adonai.

    ResponderExcluir
  9. Na verdade vos digo que todos os pecados seräo perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem;Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdäo, mas será réu do eterno juízo(Porque diziam: Tem espírito imundo)Marcos 3:28-30.
    vx não esta criticando a Pastoes Apostolos ou há qualquer outro tipo de homem mas sim contra Deus contra o Espirito Santo de Deus e contra esse pecado não tem perdão, e ao contrario de vx que critica e insulta não faremos o mesmo não criticaremos há voc~e porque na biblia fala que a nossa luta não é contra carne e nem sangue não é contra homens nem a pastores ou apostolos mas sim contra os principados e protestante,então eu só tenho uma coisa pra te falar EU VOU ORAR POR VOCÊ.

    BEATRIZ....

    ResponderExcluir
  10. Beatriz, creio que você esteja endeusando isso tudo que está ocorrendo por aí (atos proféticos) e se esquecendo de servir somente a Deus e de pedir a Ele um pouco mais de discernimento espiritual. Cuidado as aparências enganam.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    ResponderExcluir
  11. Leiam I Corintios 3:11 As pessoas querem Subistituir e adcionar tudo e se esquecem de

    Sola Scriptura
    Solus Christus
    Sola Fide
    Sola Gratia
    Soli Deo Gloria

    ResponderExcluir
  12. Graça e paz Rute!
    Você falou exatamente o que devemos fazer, mas me parece que tem gente que insiste em não ver isso. Aí vão para os tais "atos proféticos".
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    ResponderExcluir
  13. Que a Graça e a Paz de nosso Senhor seja com todos vós!

    Pois é, enquanto vocês vivem esse pensamento pobre e pouco louvável, as pessoas que vocês chamam de "feiticeiros" promovem Atos Proféticos ordenados por Deus que mudam cidades, convertem cidades, tiram cidades da lama. Enquanto isso vocês se encontram em suas igrejas onde o tradicionalismo Romano prevalece. Agora eu pergunto, qual a diferença entre suas igrejas e a igreja de Roma? Fazemos o que fazemos guiados por Deus e por ninguém mais, não fazemos Deus de escravo, ao contrário de vocês que acham que Deus encontra-se apenas em seus grandes templos luxuosos. Deus usa quem ele quer, onde ele quiser, para o que ele quiser.

    Vou lhes dizer uma coisa, vocês fazem julgamentos, mais Cristãos não julgam.

    Mateus 7:1-6
    Não julgueis, para que não sejais julgados, porque como o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão."

    1Corintios 4:5
    Portanto, nada julgueis antes do tempo, ate que o Senhor venha, o qual também trará a luz as coisas ocultas da trevas e manisfestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor.

    Provérbios 4:23
    Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida.

    Vocês tem cumprido a Palavra de Deus? Vocês tem guardado o seus Corações?

    Peço misericórdia a Deus por suas almas. Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  14. Eu já tratei do assunto em meu blog: NEO REFORMA

    http://neoreforma.blogspot.com/

    Mas não com o mesmo poder sintético. Parabéns pelo texto.

    ____________

    Ao Sérgio...

    Caro Sérgio Rodrigues, vc está equivocado quanto a seu posicionamento em relação ao "julgar". Não só nos foi recomendado, como foi ordenado que julgássemos. Está lá em Jo. 7.24:

    "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça."

    Leia mais uma vez: JULGAI SEGUNDO A RETA JUSTIÇA.

    Esses atos proféticos representam um erro decorrente da doutrina de Kenneth Regin do poder das palavras, trazido por R. R. Soares ao Brasil.

    Esta doutrina preconiza que suas palavras têm um poder sobrenatural, um erro de interpretação do texto de Tiago, em seu terceiro capítulo.

    Seria melhor interpretada à luz de Provérbios 18.21: "A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto."

    Mas, não. O homem quer deter o poder de Deus de trazer coisas do incriado por meio da confissão positiva.

    Posteriormente, totalmente desalinhado do culto racional, vem a ideia do ato profético, que consiste na prática de ações simbólicas que vinculariam Deus ao seu cumprimento. O Soberano Criador servindo aos caprichos da criação.

    Ora... Deus não é obrigado a fazer nada que você queira. Você é o servo, não Ele.

    Mijar nos cantos da cidade, jogar óleo de cima de helicóptero e tantos outros absurdos que esses crente ignorantes já fizeram é totalmente inoquo. É FÁBULA predita. Está lá em 2 Timóteo 4.3,4:

    "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas".

    Invencionices para manter um povo dentro da sua vaidade religiosa megalomaníaca.

    Sua imaginação profética não obriga Deus a nada. Repare que os atos, ditos proféticos (pq a palavra "profético" vale ouro hj em dia), são todos ordenados por Deus. Não nascem simplesmente da mente humana.

    ResponderExcluir
  15. Graça e paz Diego.
    Dá dado o recado ao Sérgio, só não sei se ele irá responder.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    ResponderExcluir
  16. Acredito na boa fé dos que realmente oram, jejuam e amam o próximo de tal maneira que lançam palavras proféticas para que sejam abençoados, mas... INFELIZMENTE, ato profético é visto como um ordenança a DEUS, como se ele fosse um garçom, para servir ao outro por ordem de alguém que julga-se quase semelhante a Ele em autoridade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Patícia.
      Obrigado pela visita e comentário.

      Tem muita gente sincera nesses lugares, e eu creio que o Senhor os tirará desses lugares algum dia. Eu conheço algumas pessoas que frequentavam igrejas assim e hoje sairam e estão servindo a Deus em igrejas sadias.

      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir
  17. Eu acho que antes de acusar desta. Maneira deveria ver como é e nem todos os atos proféticos sao feitiçaria existem muitos falsos atos proféticos mais eu acho nao sao todos foi uma conclusao muito precipitada e sem confirmação biblica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Jullian.
      A Bíblia, principalmente o NT que norteia a nossa vida cristã, em momento algum nos diz para fazermos tal coisa. Isso não passa de invenção de quem não tem capacidade de pregar a Verdade e vivê-la.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira
      PS: Tem muita gente enganada nesss lugares e espero que seus olhos espirituais se abram para ver a Verdade.

      Excluir
  18. Na Bíblia, entre os filhos de Deus lá descritos, não há ato profético algum. Quando um profeta falava da parte do Senhor ele o faz INDIVIDUALMENTE assumindo aquilo o que Deus tinha entregue como mensagem. E normalmente esta mensagem confrontava o(s) ouvinte(s) levando-o(s) ao ARREPENDIMENTO.
    E tudo aquilo que hoje precisamos saber sobre o futuro já está escrito no NT (nem sempre entendemos bem).
    Um problema ou "brecha" é que as pessoas estão em busca de cura, de emprego, de dinheiro, de "alegria", de "sonhos pessoais", de ter. Aí se juntam e liderados pelo próprio pastor declaram (não oram), fazem declarações repetindo o pastor (como crianças) e falam que é um Ato Profético...
    Tem gente que não deveria ser ordenado pastor!! A responsabilidade então recai sobre o Seminário e o Concílio. É necessário pelo menos cinco (5) anos de prática pastoral, sem remuneração, para depois haver a ordenação ou rejeição. E quem assume o pastorado, ou liderança, deve assinar um Compromisso de fidelidade Bíblica-doutrinária. Isso deve ser feito já!
    Abraço em Cristo,
    Luciano Menezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Luciano.
      O irmão disse exatamente o que penso. Isso realmente é o ideal, mas infelizmente não é o real. O que temos visto por aí são pastores recém formado assumindo a ministério, ou ainda pior, sem formação acadêmica nenhuma. Qual o resultado que temos visto nisso tudo? Atos proféticos e outras heresias mais.
      Que o Senhor nos ajude a sermos sempre fiéis a Sua Palavra e não nos deixarmos levar pelo modismo que algumas igrejas adotam.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir